Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2018

Logo
Logo
Terça-Feira, 13 de Fevereiro de 2018
POR: Equipe Valle
Pai é morto a tiros e filha de cinco anos é baleada em sua festa de aniversário, em Anápolis
Policia

Um homem morreu e sua filha de cinco anos foi alvejada após serem atingidos por disparos dentro da residência da família, na madrugada desta terça-feira (13), no Bairro JK, em Anápolis. Conforme apuração inicial da Polícia Civil, o autor dos disparos arrombou a porta da casa onde pai e filha viviam, atirou no homem e acabou atingindo a criança.

 

O delegado Cleiton Lobo, do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Anápolis explicou que no período da tarde, na residência, a comemoração do aniversário de cinco anos da filha de Rodrigo estava acontecendo. Após a festa, quando os convidados já haviam deixado a residência, por volta das 23h30, um homem armado entrou mo local, arrombou a porta da sala, em seguida a porta do quarto e disparou contra o homem.

 

Ainda não se sabe em que circunstâncias, mas um dos tiros atingiu de raspão a criança, que foi levada para o Hospital Estadual de Urgências de Anápolis (Huana). Segundo Cleiton, ainda não há mais detalhes sobre o crime, pois a esposa de Rodrigo, e mãe da criança, que estava na residência no momento do ocorrido não pode prestar depoimento, por estar sedada.

 

De acordo com o delegado, um dos vizinhos ouviu os disparos e acionou a polícia, mas não soube informar sobre a autoria dos disparos.Contudo, não há câmeras de monitoramento eletrônico em casa próximas que possam ajudar as investigações. “Os motivos do crime e a autoria ainda são desconhecidos. É muito cedo para dizer as circunstâncias do ocorrido, até porque ainda não temos muitos detalhes”, disse o delegado.

 

A Polícia Técnico Científica periciou o local do crime e o corpo já passou por exames no Instituto Médico Legal (IML). O delegado aguarda agora os laudos médicos para prosseguir com as investigações. Além disso, nos próximos dias, familiares, incluindo a esposa de Rodrigo, devem ser ouvidos.