Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2018

Logo
Logo
Segunda-Feira, 12 de Fevereiro de 2018
POR: Equipe Valle
Por um buraco na latrina, cinco presos fogem da cadeia de Itapuranga (GO)
Policia

Cinco presos da Unidade Prisional de Itapuranga, a 145 quilômetros de Goiânia, fugiram na madrugada desta segunda-feira (12). Os detentos escavaram um buraco de cerca de 1,20 metros de comprimento passando por dentro da latrina e com acesso a um lote baldio na lateral da unidade. Nenhum foi recapturado, mas as polícias Militar e Civil realizam buscas nas imediações.

Fugiram Edmar Moreira, Willian Gabriel de Souza Pires, Santhiago de Souza Rocha, Deidimar Barbosa da Conceição e Pedro Eduardo de Rezende.

Segundo agente prisional, que preferiu não se identificar, a fuga teve início às 3h, quando cinco dos oito prisioneiros da Cela 6 empreenderam fuga após terminar as escavações. “Eles cavaram um buraco por dentro do vaso sanitário e fugiram. Três dos presos se negaram a fugir e foram transferidos para outra cela. A terra foi deixada pelos fugitivos dentro da própria cela em cima de um dos dormitórios”, revela.

Segundo os detentos remanescentes as escavações tiveram início por volta das 1h. “A última revista ocorreu por volta das 17h de ontem. A partir daí eles começaram o plano que resultou na fuga. Eles saíram pelo buraco em um terreno que fica ao lado do presídio, no centro da cidade”, afirma o agente.

Conforme explica o profissional, a polícia técnico-científica está no local finalizando a perícia e as obras de reparo serão iniciadas. “Vamos recuperar tudo com ferro, concreto e cimento para evitar novas ocorrências. Esta foi a primeira fuga em 16 anos, dede que a cadeia foi reconstruída”.

O diretor da unidade prisional não foi encontrado pela reportagem do Mais Goiás para comentar o caso. Segundo o funcionário, ele está ausente em razão do feriado de carnaval.

Em nota, a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informa que, por meio do buraco escavado, detentos passaram por baixo do alicerce e chegaram a um lote baldio. “As forças policiais foram acionadas e estão em busca dos foragidos. Foi determinada abertura de sindicância para apurar as circunstâncias do ocorrido”, diz o texto.