Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2018

Logo
Logo
Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018
POR: Equipe Valle
Ladrões explodem carro-forte na BR-070, em Montes Claros de Goiás
Policia

Dos quatro vigilantes patrimoniais que estavam dentro do carro forte explodido no final da manhã dessa quarta-feira (7), dois se feriram. Pelo menos quatro ocupantes de uma SUV modelo SW4 com armamento pesado abordaram os profissionais de transporte de valores. O fato aconteceu na BR-070, em Montes Claros de Goiás, região noroeste do Estado, distante 267 quilômetros de Goiânia. Foram levados armas e coletes balísticos; o cofre do veículo foi explodido para que malotes com valores fossem roubados.

As polícias Militar (PM) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram acionadas por volta das 11 horas, quando encaminharam equipes. Imagens registradas por pessoas que passavam pelo local logo após o atentado ainda mostram chamas e fumaça, além de muito dinheiro espalhado no asfalto.

“Uma perícia vai dizer qual tipo de armamento ou bombas usadas, mas foram encontradas capsulas de calibre .50 (que derruba um helicóptero) e um explosivo foi usado. Os criminosos tinham um alto poder de fogo e deixaram os vigilantes sem condições de revide”, informou o major Ariel Anselmo de Oliveira, comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar. O comandante informou que o local está cercado por militares até a chegada da PRF, que dará sequência ao caso.

Segundo a PRF, uma equipe de Rio Verde está em deslocamento para o local do crime. As informações iniciais dão conta de que uma caminhonete modelo Triton branca estaria dando apoio ao bando, mas isso será apurado pela Polícia Civil, que já desloca uma equipe para o ponto exato do fato.

CRIME
Segundo o major Ariel Anselmo, o carro forte havia acabado de ser abastecido em bancos de Barra do Garças (MT) e transitava pela BR-070. As forlas policiais de Goiás — Comando de Operações de Divisa e policiais de Montes Claros —, além de polícias do Mato Grosso já foram ao local e fazem buscas por criminosos, que teriam praticado o crime e retornado à cidade mato-grossense.

O Hospital Municipal Domingos Sávio Peres, em Montes Claros de Goiás, prestou o atendimento inicial aos funcionários que faziam o serviço de segurança do carro forte. Segundo as informações repassadas, um dos funcionários fraturou um dos dedos do pé e outro chegou a machucar o joelho, mas sem gravidade. Ambos passaram por avaliação médica e receberam alta hospitalar no início da tarde.

Uma funcionária da Brinks Segurança e Transporte de Valores, que se identificou como Carolina atendeu a ligação feita pela equipe de reportagem do Mais Goiás. Ela disse que a empresa, fundada nos Estados Unidos, não tem quem fale sobre o assunto e desligou a ligação.