Terça-Feira, 23 de Janeiro de 2018

Logo
Logo
Sábado, 06 de Janeiro de 2018
POR: Equipe Valle
Assalto a agência bancária de Silvânia (GO) termina em morte
Policia

Um assalto a uma agência bancária da Caixa Econômica Federal na cidade de Silvânia, a 83 quilômetros de Goiânia, terminou em morte na madrugada deste sábado (6).

 

Segundo informações preliminares da Polícia Militar (PM), oito homens chegaram na cidade fortemente armados abordo de um Toyota Corolla e uma Caminhonete WV Amarok. Antes de explodirem os caixas eletrônicos da agência, os bandidos fizeram reféns algumas pessoas que estavam em um bar no centro da cidade.

 

Antes de chegar na agência, os bandidos foram interceptados por equipes do Comando de Operações de Divisa (COD). Houve intensa troca de tiros entre os policiais e bandidos. Com reféns, os bandidos foram até a agência e conseguiram explodir os caixas eletrônicos. Após a explosão, os bandidos empreenderam fuga com um dos reféns e foram acompanhados por policiais do COD e da da 47° CIPM.

 

Momento em que vítima é atendida pelo SamuNa tentativa de fugir dos policiais, os bandidos jogaram jogaram pregos, conhecidos como “miguelitos”, na estrada, para furar os pneus de carros da polícia, mas não funcionou. Os bandidos acabaram cercados no trevo da cidade. Um dos carros usados por eles foi abandonado as margens da rodovia. Os ocupantes fugiram para dentro de uma mata e estão sendo procurados pela policia. O refém foi resgatado com vida.

 

MORTE

O motorista de um GM Classic que passava pelo local recebeu ordem de parada dos bandidos, mas não obedeceu deu o seu carro atingido por vários disparos de arma de fogo. O jovem Marcos Antônio de Souza, 21 anos, que conduzia o veículo acabou sendo baleado. Ele perdeu o controle do veículo e colidiu contra uma árvore no canteiro central da Avenida Mário Ferreira.

 

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu o rapaz que foi encaminhado para o Pronto Socorro do Hospital Nosso Senhor do Bonfim, mas ele não resistiu e morreu na unidade de saúde.

 

Aguarde, essa notícia ainda está sendo atualizada!