Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Logo
Logo
Terça-Feira, 05 de Dezembro de 2017
POR: Equipe Valle
Motorista chama mãe para ajudá-lo após ser preso por dirigir bêbado e sem CNH
Policia

Um motorista de 21 anos foi preso após dirigir embriagado, sem Carteira Nacional de Habilitação e fugir de uma barreira policial em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Ao ser levado pelos policiais, ele ainda grita por ajuda da mãe, dizendo que os policiais estão o machucando.

 

A operação foi feita durante o fim de semana. Foram flagrados 22 motoristas embriagados. O jovem preso desobedeceu a ordem para parar, mas a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o acombanhou até conseguir prendê-lo.

 

"Ele fez que ia parar, mas fugiu. No caminho, ele ligou para a mãe, pedindo para que ela abrisse o portão. Mas, no caminho, ele acabou furando os dois pneus da frente e foi preso", disse o assessor de imprensa da PRF, inspetor Newton Moraes.

 

No momento da prisão, ele ainda pede ajuda. “Mãe, estão me machucando aqui, mãe”, gritou o rapaz.

 

O teste de bafômetro apontou 0,52 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Ele foi levado para a Central de Flagrantes de Anápolis. Ele também vai ser multado em R$ 2.934.

 

Em Goiás, de janeiro a novembro deste ano, foram apreendidas duas mil carteiras de habilitação de motorista embriagados nas rodovias federais que cortam o estado. Durante a operação, 22 motoristas tiveram os documentos recolhidos. Porém, mesmo assim, ainda teve condutor que foi buscar o documento após ter bebido.

 

O teste de um condutor apontou 0,06 miligramas de álcool por litro de ar expelido, um ponto acima da margem de erro do aparelho. Questionado, ele assumiu que tinha bebido: “Dois copos”.

 

“Mesmo com todo o rigor da lei, com as fiscalizações das polícias Militar e Rodoviária Federal, o cidadão ainda não se conteve em seguir o que as normas pedem”, concluiu Moraes.