Segunda-Feira, 21 de Agosto de 2017

Logo
Logo
Sexta-Feira, 28 de Julho de 2017
POR: Equipe Valle
Pai e mãe de jovem que exibiu suicídio no Instagram são encontrados mortos
Policia

 

Foram encontrados mortos nesta sexta-feira (28/7), em Rio Branco, no Acre, os pais da estudante de Ciências Sociais, Bruna Andressa Borges, de 19 anos, que cometeu suicídio durante uma Live no Instagram que estava sendo vista por quase 300 pessoas.

 

Segundo informações do site ac24horas.A Polícia Militar informou que o subtenente Márcio Augusto de Brito Borges, de 45 anos, e a esposa, a ex-sargento Claudineia da Silva Borges, 49, estavam na casa onde moravam, na Vila Militar, no bairro Bosque, em Rio Branco. Eles teriam sido encontrados enforcados na garagem da residência da família.

 

De acordo com o comandante do 4ºBIS, o coronel Wellington Valone Barbosa, afirmou em entrevista coletiva que há indícios de que cada um tenha tirado a própria vida. Cartas teriam sido encontradas na casa e estão com a Polícia Civil.

 

“Os detalhes serão apurados em um inquérito que já foi aberto pela Polícia Civil e também aqui pelo batalhão. Vamos abrir um processo administrativo para apurar as circunstâncias das mortes. Só a perícia vai poder confirmar. Nosso processo é chamado de sindicância e realizamos para elucidar os fatos. O resultado deve sair em 20 dias úteis, mas esperamos que saia em um prazo mais curto”, afirmou Barbosa.

 

Bruna Andressa Borges estudava na Universidade Federal do Acre e, antes de tomar a decisão de tirar a própria vida, dava a entender nas redes sociais que estava passando por um momento delicado em sua vida, dando sinais de depressão. “Quando era criança, achei que teria o mundo aos meus pés. Hoje, vejo o quão insignificante eu sou. Tudo dói, palavras doem, sentimentos doem(…) Já fui abandonada e julgada pela pessoa que achei que seria minha melhor amiga. A pessoa que amei me humilhou e riu da minha cara, me chamou de ridícula. Talvez eu seja, mas não pretendo continuar perguntando para saber”, escreveu no Facebook.

 

A depressão é algo sério e tem feito vítimas cada vez mais jovens. Em dezembro do ano passado, por exemplo, a americana Katelyn Nicole Davis, de 12 anos, também planejou a própria morte e a transmitiu em uma Live no Facebook.

 

No Brasil, o Centro de Valorização da Vida tem um suporte 24 horas e atende pessoas que estão passando por problemas ou que simplesmente precisam conversar.

 

 http://www.vallenoticias.com.br/res/midias/img/1fcd49e8d06022ec18c5c13a7dc96aa9.jpg