Segunda-Feira, 25 de Setembro de 2017

Logo
Logo
Quarta-Feira, 12 de Julho de 2017
POR: Equipe Valle
Mulher é presa suspeita de matar marido a facadas durante briga dentro de casa, em Goiás
Policia

A dona de casa Paulina Marçal da Silva, de 33 anos, foi presa na terça-feira (11) suspeita de matar a facadas o marido, José Cícero da Silva, em Vicentinópolis, na região sul de Goiás. Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu durante uma briga do casal, que estava sozinho dentro de casa.

 

O delegado Patrick Carniel, responsável pelas investigações, disse aque a mulher alegou que agiu em legítima defesa, ao tomar a faca da mão do marido.

 

“Apesar de ela ter apresentado esta versão, ela não teve lesões que demonstrem uma luta corporal. Como só estavam os dois em casa, é preciso aguardar o laudo

“Cadavérico e de local de crime para confrontar com o depoimento dela”, afirmou.

 

O crime aconteceu no dia 16 de abril deste ano em Vicentinópolis. De acordo com o delegado, após esfaquear e matar o marido, Paulina fugiu para Goiânia. Após dois meses de investigações a Polícia Civil conseguiu localizá-la e pediu a Justiça o mandado de prisão temporária contra ela.

 

“Como se trata de um crime doloso, conseguimos este mandado de prisão temporária que tem validade de até 30 dias, para que aguardemos a conclusão dos laudos e possamos concluir o inquérito”, explicou.

 

A dona de casa foi presa na manhã de terça-feira e foi levada para a Unidade Prisional de Pontalina. Ela deve responder por homicídio qualificado, com pena que varia de 12 a 30 anos de prisão.